Categorias
Curiosidade

Desenhos são apenas desenhos?

Alerta de spoiler!! Não, desenhos não são apenas desenhos. Ainda mais quando falamos de desenhos de crianças que estão no período da educação infantil e a gente explica o porquê nesse post.
Além de ser uma atividade muito divertida para os mais novos, o desenho é algo extremamente importante para o desenvolvimento infantil. É por ele que a criança, que ainda não tem a capacidade de se expressar oral e verbalmente, expressa seus sentimentos, emoções e vontades.

É pelo desenho que também podemos observar e tentar compreender o consciente e o subconsciente das crianças, por meio dele podemos perceber se a criança é tímida, se ela tem autoconfiança e quais os seus interesses. Quando os elementos dos desenhos são analisados, pode-se ter uma noção do que está se passando na cabeça dos mais novos, isso é explicado no livro ‘Como Interpretar os Desenhos das Crianças’ da pedagoga Nicole Bédard.

Como Interpretar os Desenhos das Crianças’ da pedagoga Nicole Bédard
Como Interpretar os Desenhos das Crianças’ da pedagoga Nicole Bédard

Exemplo de análise que pode ser feita por meio do desenho e que Nicole Bédard aborda em seu livro: “Árvore -Refere-se ao físico, emocional e intelectual da criança. Quando o tronco da arvore é alto e largo, revela que a criança tem muita força na superação dos problemas. Quando o tronco for pequeno e estreito, revela vulnerabilidade às complicações. Se houver excesso de folhas, a criança tem grande ocupações talvez em excesso. Se houver poucas folhas, e galhos a criança está triste”.

Por isso, o desenho não deve ser desvalorizado em nenhum âmbito da vida da criança, seja ele educacional ou familiar. É muito importante que os desenhos sejam vistos como um recurso que nos auxilia a entender o que a criança está sentindo. O espaço para que a criança desenhe é fundamental no que diz respeito ao desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças.

Beijos, Colégio SEAL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.